Cross Process popularizado pelo Instagram


Eu falo e ninguém acredita…

Cross processing (sometimes abbreviated to Xpro) is the deliberate processing of photographic film in a chemical solution intended for a different type of film. The effect was discovered independently by many different photographers often by mistake in the days of C-22 and E-4. Color cross processed photographs are often characterized by unnatural colors and high contrast. The results of cross processing differ from case to case, as the results are determined by many factors such as the make and type of the film used, the amount of light exposed onto the film and the chemical used to develop the film. The effect can also be achieved with digital filter effects such as with the photo-sharing mobile application Instagram.

Cross Process (processo cruzado) é o uso deliberado, intencional, de um filme fotográfico em uma solução química diferente, ou de composição diferente daquele filme original. Ou seja usar uma composição química de um tipo de filme em outro. Isso provoca alterações cromáticas como sombras azuladas, highlights amarelados e uma infinidade de efeitos cromáticos.

instagramExiste o Digital Cross Process, que nada mais é do que a simulação digital desse processo. Eu particularmente uso e as vezes abuso de cross processing. Mas acontece que eu faço isso a anos e só agora que o processo ficou conhecido… pelo menos para o público em geral… por causa do instagram. Um app para iphone e android, uma rede social de compartilhamento de fotos, mas o que o popularizou foram os filtros disponíveis. Aplicados a sua galeria davam um ar mais artístico às suas fotos, um toque de criatividade.

instagram-2

Uso de filtros no instagram para alterações cromáticas

O instagram nada mais é do que a aplicação de cross process (pré-determinadas) nas suas fotos. O  mais interessante é que o próprio cross processing bebeu da mesma fonte que a lomografia. Eu falo que “bebeu da mesma fonte” porque um não teve um relacionamento direto com o outro, um derivativo ou coisa parecida. Mas a lomografia, que surgiu das máquinas lomo criavam resultados inesperados, com vazamento de luz, queima de filmes e causava muita interferência cromática. Abaixo o modelo DIANA.

lomo_diana

Camera Lomo da linha DIANA e alguns exemplos dos resultados obtidos. A técnica ficou conhecida como lomografia

Pra falar a verdade, as cameras lomo eram de péssima qualidade. Eram muito utilizadas por turistas que as compravam para depois descartá-las. O resultado ficava tão diferente que surgiu uma modalidade criativa de fotografia amadora. E tudo isso na era analógica de fotografia.

Depois veio o cross process como uma mudança intencional com uso de química nos filmes. O que muitos não sabem (talvez!) é que esse processo cruzado é largamente usado nos cinemas e serve para dar uma atmosfera à película. O chamado mood de um filme pode ser conquistado pelo uso desse processo.

Um filme nunca é reproduzido pela midia (no cinema, blue ray ou um dvd) como ele foi capturado. Ele passa por um processo de correção de cores e, não raramente, cross process para dar esse mood. Para você entender esse clima e correção cromática, veja o filme abaixo. [Ele foi feito pela empresa MyTherapy]

Caso não veja o vídeo, acesse o link.

Num futuro próximo eu vou mostrar alguns exemplos de cross process que eu venho aplicando nos meus trabalhos e mostrar um pouco de técnica como o uso de actions no photoshop, layers de ajuste como o bom e velho curves… até uma técnica pouco conhecida com o uso do mode color Lab e o mais novo recurso do pacote adobe CS6 – que vem com o Color Lookup.

Compartilhe e participe com seus comentários logo abaixo.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s