Jornal pode ser criativo…


O conceito por trás deste programa para Park Avenue Armory com uma instalação de Ann Hamilton, reforça e reafirma as idéias por trás de um contexto maior. Partes que afirmam ou nos levam ao significado (contextualizado). Existe também uma referência da rica história do edifício e foi representado nesse jornal. O formato do catálogo está mostrando um pouco sobre a história do Armory com a inclusão de fotografias extraídas de vídeo a partir de arquivos do arsenal. São aspectos multi-sensoriais da instalação que estão representados nesse catálogo através de partituras do Prêmio Pulitzer David Lang, as texturas saíram de fotografias históricas, e outras imagens também encontrados nos arquivos do arsenal.

Esse trabalho fantástico é apenas uma ponta do assunto que eu vou abordar logo em seguida; que relata um case de reposicionamento de um jornal somente pela alteração e quase uma imposição da importância do design nos meios de comunicação. Enquanto isso você pode ver o que eu fiz com o redesign de capa da L’Officiel e mencionei a apatia midiática do jornal.

Fique com a criatividade que foi publicada, pasmen, num jornal:

Image

Image

Image

Image

Image

the_event_of_a_thread_08

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s